segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Last.fm Group: Tori Amos Brasil

Para todos que têm uma conta no Last.fm poderá participar do mais novo grupo Tori Amos Brasil. Os grupos no Last.fm funcionam como um fórum onde você pode trocar idéias, divulgar artigos, entrevistas, vídeos, músicas, eventos, etc. O grupo é aberto à todos os fãs da cantora. Esperamos sua participação.

Visite o grupo clicando AQUI.

sábado, 16 de janeiro de 2010

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Last.fm Discover [Vídeo]

Vídeo
Pink and Glitter

Live from NY [Áudio/Vídeo]

Em primeiro lugar: este é um material oficial! Estou disponibilizando para download apenas porque esse é um vídeo em formato VHS e não está disponível para venda (não de um modo fácil). Espero que entendam.

Áudio
Vídeo

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Digital Spy: "Tori Amos 'feels guilty on tour'"

Wednesday, January 6 2010, 13:32 GMT
By David Balls, Music Reporter

Rex Features
Tori Amos has revealed that she feels guilty when she goes on tour.

The 'Professional Widow' singer claimed that her relationship with 9-year-old daughter Natashya suffers as a result of her schedule.

"I still get a real kick of guilt when I'm on tour and can't be the kind of mother who's there putting her to bed each night," she told The Guardian.

"She's a great cheerleader, though, she gives me pep talks."

The 46-year-old, who released new album Midwinter Graces in November, admitted that she previously felt restricted by her age.

"I felt sidelined by the industry, by the preoccupation with finding something newer, younger," she said.

However, she added: "I'm 46 and I have a husband who still wants me every day. That's pretty great, right?"

Fonte: Digital Spy

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Sessions At West 54th [Áudio/Vídeo]

Áudio
Vídeo*
*Ao baixar as três partes do vídeo, você deve colocá-las em uma mesma pasta e descompactar apenas a primeira.

*Este show encontra-se disponível para download no site ToriTraders.com em µTorrent. O show não está dividido e também se encontra no formato .mpg. Sintam-se à vontade para fazer o download via µTorrent. Clique aqui para fazer o download do arquivo.

Sobre o Sessions At West 54th:

~ "On February 6, 1999, Tori appeared on the PBS show Sessions At West 54th. Some PBS stations did not carry this program and other aired it at different dates and times. Tori taped this show on Saturday night, November 14 in New York City in mid-town Manhattan."

~ "Tori recorded 14 songs during the taping and 7 were shown during the program, along with several interview segments with host David Byrne. The songs that were shown on the program were the following in this order:

Precious Things
i i e e e
Past The Mission
Caught A Lite Sneeze
Take To The Sky (solo)
Cooling (solo)
The Waitress
"

~ Set list: "Precious Things - i i e e e - Past The Mission - Caught a Lite Sneeze - Pandora's Aquarium - Take To The Sky (solo) - Hey Jupiter (solo) - Northern Lad - Crucify - Spark - The Waitress - Cooling (solo) - Raspberry Swirl - Cornflake Girl"

Fonte: The Dent

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Tradução: Midwinter Graces


Antes de iniciar o post, um pedido de desculpas. Devido aos problemas ocorridos no Blogger durante a semana do Natal, não pude postar as traduções feitas por Hernando Neto, grande colaborador do blog, como um "presente" aos fãs, modo o qual ele se referiu. Ainda assim, aqui estão elas.

Victor

"Doug Morris, executivo da gravadora de Tori, pediu a ela que fizesse um álbum natalino... E como ela tinha de fazer as coisas a seu modo, decidiu não falar do Natal, mas sim do Solstício de Inverno, celebração até anterior ao 25 de dezembro. O solstício é justamente a data na qual ocorre a noite mais longa do ano... Logo depois dela, o sol volta a recobrar sua força, e passa a se torna mais presente na duração diária, até o Solstício de Verão, seu ápice."

"Naturalmente, a metáfora do nascimento de Cristo está bem ligado a este contexto, e é mais natural ainda que Tori queira fazer das coisas de um modo mais enraizado, numa estética mais pagã que cristã... So, o resultado disso foi um álbum suave e intenso, que por ser enxuto e bem acabado, tornou-se seu trabalho mais coeso desde 2005. Espero que gostem, e qualquer coisa, corrijam ;)! Então, às traduções."

NOTA: "Stille Nacht, Heilige Nacht (Silent Night, Holy Night)" e "Good King Wenceslas" são músicas em que Tori não fez qualquer adaptação, sendo mais fácil de encontrar suas traduções pela internet.

WHAT CHILD, NOWELL* (QUE CRIANÇA, NOWELL)

Que criança é esta que,
Repousada sobre o colo de Maria,
Está dormindo?
A quem os anjos saúdam com doces hinos,
Enquanto pastores ficam de guarda

Esta é a dádiva do inverno
É isso que começa

Nowell, Nowell, Nowell
Cada voz estava cantando
Nowell, Nowell, Nowell
Nascido neste dia um novo
Nowell, Nowell, Nowell...

Que criança é esta que agora
É desperta em cada coração, pela manhã?
Da luz ofuscante ao céu prateado,
Traga-nos a paz vinda da criação

Esta é a dádiva do inverno
É isso que começa

Nowell, Nowell, Nowell
Cada voz estava cantando
Nowell, Nowell, Nowell
Nascido neste dia um novo...

Nowell, Nowell, Nowell
Cada voz estava cantando
Nowell, Nowell, Nowell
Nascido neste dia um novo...
Nascido neste dia um novo
Nowell, Nowell, Nowell

Nowell

* "Nowell" é uma palavra que vem do francês Noël, significando "Natal". A origem dela é do latim "Natalis", que se refere a "Nascimento". Mais informações, aqui.


STAR OF WONDER

 (ESTRELA DE MILAGRES)

Nós, os Três Reis, estamos voltando

Trazendo presentes do Oriente

Do Oriente

Alguns dizem que uma estrela ascenderá novamente
Nos corações da humanidade

Alguns dizem que estivemos em exílio
O que precisamos agora é de fogo solar

Estrela dos Milagres, Estrela da Noite
Estrela de Beleza Real
Levando-os ao Ocidente, ainda em procissão...
Semeando uma Estrela de Milagres



Nós trouxemos Ouro e Mirra para ele
Vindos do Oriente, Olíbano

Do Oriente


Alguns dizem que uma estrela ascenderá novamente
Nos corações da humanidade

Alguns dizem que estivemos em exílio

O que precisamos agora é de fogo solar

Estrela dos Milagres, Estrela da Noite

Estrela de Beleza Real
Levando-os ao Ocidente, ainda em procissão

Estrela dos Milagres, Estrela da Noite

Estrela de Beleza Real
Levando-os ao Ocidente, ainda em procissão...
Uma Estrela!
Semeando uma Estrela...
Semeando uma Estrela de Milagres...

De Milagres


A SILENT NIGHT WITH YOU (UMA NOITE FELIZ* COM VOCÊ)

O rádio toca as minhas favoritas do Natal,
E isto me remete a quando nosso amor começou
Jovens amantes passam por mim, com seu brilho
E lembro que costumávamos ser assim,
Nem faz muito tempo
Você então disse, “Eu quero passar
Uma noite feliz com você
Com você... Uma noite feliz com você”

Alegria para o mundo
Seus braços mantiveram-me aquecida
Noite após noite, num mundo tão frio
Ouça os sinos tocarem
Velhas fotos fazem-me, porém, perceber
Que o passado está preenchendo minha cabeça
Você então disse, “Eu quero passar
Uma noite feliz com você
Com você... Uma noite feliz com você”

O rádio toca as minhas favoritas do Natal,
E isto me remete a quando nosso amor começou
Perdida em meus pensamentos, você surge e diz,
“Garota, aceita minha mão?
Veja que nada mudou
Agora e sempre, eu quero passar
Uma noite feliz com você
Com você... Uma noite feliz com você”

Tudo é calmo
Tudo brilha

* “Silent Night” é a versão original de nossa “Noite Feliz”, por isso não traduzi literalmente, como “Noite Silenciosa”.

CANDLE: COVENTRY CAROL (VELA: CÂNTICO DE COVENTRY)

Vela, Vela
As crianças estão seguras agora?
Diferente de como estavam há tempos atrás
Vela, Vela
As crianças estão seguras agora?
Cante a antiga canção deles

Vela, Vela
As crianças estão seguras agora?
Diferente de como estávamos há tempos atrás
Vela, Vela
Guie-nos e nos proteja
Daqueles vindos da escuridão...
Daqueles vindos da escuridão

Lully, lulla
Tu, pequena criança franzina
By, By, Lully, lullay
Tu, pequena criança franzina
By, By, Lully, lullay
Ó, irmãs, o que devemos fazer
Para que este dia seja preservado?
Esta pobre criança pela qual cantamos
By, By, Lully, lullay

Herodes, o Rei, em sua ira,
Carregou sua arma neste dia
Seus homens de confiança que, segundo sua visão,
Tinham de caçar todas as pequenas crianças

Esta aflição sou eu, por ti, pobre criança
Em luto constante, de dia
Por tua morte, que não haja fala ou canto
By, By, Lully, lullay

* Coventry é uma cidade que fica no centro da Inglaterra. Foi muito bombardeada durante a 2ª Grande Guerra.

HOLLY, IVY AND ROSE (AZEVINHO, HERA E A ROSA)

Veja! Como uma roseira em eterno florescer,
De seu ramo gentil surgiu a flor
Advinda da linhagem de Jessé,
Como cantado pelas Sibilas

Uma roseira consegue suportar
O gélido solstício de inverno
E, à meia-noite...

Ele espera que ela encontre
O coração que deixou para trás
Ele reza para ela achar seu caminho
Pois assim, um dia, poderá ser sua noiva

A Hera, de todas as plantas no bosque,
O Azevinho aquece a Rosa...
O Azevinho e a Hera!
Quando completamente maduros
De todas as plantas do bosque,
O Azevinho usa a coroa...
O Azevinho e a Hera!
O galope do cervo...
Pelo florescer de sua Rosa,
O Azevinho espera todos os anos

Ele espera que ela encontre
O coração que deixou para trás
Ele reza para ela achar seu caminho
Pois assim, um dia, poderá ser sua noiva

A Hera, de todas as plantas no bosque,
O Azevinho aquece a Rosa...
O Azevinho e a Hera!
Quando completamente maduros
De todas as plantas do bosque,
O Azevinho usa a coroa...
O Azevinho e a Hera!
O galope do cervo...
Pelo florescer de sua Rosa,
O Azevinho espera todos os anos
Pelo florescer de sua Rosa,
O Azevinho espera todos os anos
Espera todos os anos...

Veja! Como uma roseira em eterno florescer,
Do ramo gentil surgiu a flor
Sua discreta abertura tornou mais intenso
O perfume espalhado pelo ar congelado
Os raios iluminam a noite,
Expulsando a escuridão

Ó, flor sem igual!
Floresça em nossos corações o solstício
Traga-nos de volta a Primavera

HARPS OF GOLD (HARPAS DE OURO)

Eu lhe mostrarei como se faz
Você sorrirá de toda a dor
Cantando docemente, sobre a planície

Gloria, Gloria in excelsis Deo

Eles nos mostrarão como se faz
Lá fora, nas ruas
Não, eles de fato não tem muito
Mas pare para ouvi-los cantar

Gloria, Gloria in excelsis Deo
Gloria, Gloria
Tocando em suas harpas de ouro

E as montanhas em resposta
Ecoam, ecoam, ecoam
E as montanhas em resposta
Ecoam, ecoam, ecoam

Gloria, Gloria in excelsis Deo
Gloria, Gloria
Tocando em suas harpas de...
Tocando em suas harpas de ouro

Sobre a planície...

SNOW ANGEL (ANJA DE NEVE)

Quando o sino anunciou o solstício,
Esperei por um sinal
A sombra de uma asa,
Sempre foi assim
As crianças tem a certeza
De que ela virá lhes visitar...
Lhes visitar

Anja de neve, Anja de neve
Ela chegará e permanecerá
Por algum tempo, algum tempo

Na escuridão deste solstício,
A lua escapou da noite
A sombra de uma asa,
Sempre foi assim
As crianças tem a certeza
De que ela virá lhes visitar...
Lhes visitar

Anja de neve, Anja de neve
Ela chegará e permanecerá
Por algum tempo, algum tempo

As crianças tem a certeza
De que ela virá lhes visitar...
Lhes visitar

Anja de neve, Anja de neve
Ela chegará e permanecerá
Por algum tempo, algum tempo

JEANETTE, ISABELLA

Tragam suas tochas
Tragam suas tochas
Com cada uma das velas erguidas
Cada uma das chamas de lampiões
Luzes e mais luzes vindas de cada vila,
Saudando à casa os nossos amigos

Tragam suas tochas
Tragam suas tochas
Tragam suas tochas, Jeanette, Isabella
Tragam sua tocha para perto do berço
Tragam suas tochas, Jeanette, Isabella
Tragam sua tocha para perto do berço

Cristo é nascido, Ó, venham e vejam
Maria nos convida a adorá-lo
Silêncio! silêncio...
Mas que mãe adorável!
Silêncio! silêncio...
E que filho amável

Tragam suas tochas
Tragam suas tochas
Deseje que cada luz encontre seu caminho
É por isto que todas as mães rezam
Noite depois de noite, as luzes lhe guiarão,
Saudando à casa os nossos amigos

Tragam suas tochas
Tragam suas tochas
Tragam suas tochas, Jeanette, Isabella
Tragam sua tocha para perto do berço
Pedindo com gentileza para entrar,
E à sua manjedoura, irmos com cuidado
O brilho da tocha nos mostra o bebê
Límpido como a neve, de bochechas como rosas
“Silêncio, silêncio... Tenham calma”, doce e sorridente
“Silêncio, silêncio... Tenham calma”, logo adormecido
Adormecido...

Tragam suas tochas, Jeanette, Isabella

PINK AND GLITTER (ROSA E PURPURINA)

Rosas remendadas
É assim que você chama
Todas as garotas do mundo, até os espinhos
Você está circundada
Por um exército de duas pessoas
Que lhe adoram

Nossa alegria não tem a ver com presentes
Ou brinquedos motorizados de gente grande
E garotinhos sempre ganham de mim uma menção honrosa,
Mas neste ano estou pensando em...
Fazer com que no mundo chova...
Fazer com que no mundo chova...
Fazer com que no mundo chova rosa, se você quiser
Fazer com que no mundo chova...
Fazer com que no mundo chova...
Fazer com que no mundo chova...

Cetim preto era justo o que estava vestindo
Isso e nossos corações, deixados no chão
Como, nesta neve de marshmallow, eu iria saber
Que minha vida mudaria completamente, naquela noite?

Nossa alegria não tem a ver com presentes
Ou brinquedos motorizados de gente grande
E garotinhos sempre ganham de mim uma menção honrosa,
Mas neste ano estou pensando em...
Fazer com que no mundo chova...
Fazer com que no mundo chova...
Fazer com que no mundo chova rosa, se você quiser
Fazer com que no mundo chova...
Fazer com que no mundo chova...
Fazer com que no mundo chova...

De rosa, pintaremos a cidade
O champagne nunca pareceu tão divino
Nos lábios dele, as mais doces palavras
“Amor, você me deu um passeio e tanto”

Nossa alegria não tem a ver com presentes
Ou brinquedos motorizados de gente grande
E garotinhos sempre ganham de mim uma menção honrosa,
Mas neste ano estou pensando em...
Fazer com que no mundo chova...
Fazer com que no mundo chova...
Fazer com que no mundo chova rosa e purpurina
Fazer com que no mundo chova...
Fazer com que no mundo chova...
Fazer com que no mundo chova rosa

EMMANUEL

Ó, vem! Ó, vem, Emmanuel!
E redime da prisão Israel,
Que lamenta em seu exílio solitário
Até a volta do Filho de Deus

Alegra-te, Alegra-te!
Emmanuel virá em teu socorro, Israel

Há muito tempo, a Terra está adormecida
Aguardando pela mais escura das noites
Para que, com ela, venha também
A Pomba da Paz
Ascendendo nas asas,
Nas asas do sol
Ascendendo nas asas do sol

Ó, vem! Ó, vem, tu, Brilho Primaveril
Derrama sobre nossas almas tua luz de cura
Expulsa a melancolia rastejante das longas noites
E afasta as sombras da tumba

Alegra-te, Alegra-te!
Emmanuel virá em teu socorro, Israel

WINTER'S CAROL (CÂNTICO DO INVERNO)

Um cântico de inverno, a primeira canção do rouxinol
Um cântico de inverno ecoa pela terra
E eu posso ouvi-lo...

Ressoando, ressoando, do pinheiro ao carvalho
Trazendo-nos, com a neve de dezembro
Trazendo-nos uma antiga dádiva
Envolta em fitas de ouro
Para o mundo inteiro
Para o mundo inteiro

A Rainha do Verão esteve em escuridão
A Rainha do Verão esteve em escuridão
A Rainha do Verão rende-se, então
Para ele, são revelados seus segredos e seu vinho
E durante algum tempo,
Durante algum tempo eles estão unidos
Fogo e Gelo em matrimônio

Numa clareira durante o solstício,
O bosque saúda uma noite de neve
Ano após ano, o Rei do Azevinho
Passa a tocha como deve ser feito

Numa clareira durante o solstício,
Um último beijo e um novo começo
Pois, usando a guirlanda dele,
Sua Rainha do Verão logo ascenderá
Com o sol

Numa clareira durante o solstício,
O bosque saúda uma noite de neve
Com quatro varinhas de teixo, o Rei do Azevinho
Passa a tocha como deve ser feito...
Passa a tocha como deve ser feito

Um cântico de inverno, a primeira canção do rouxinol
O sol renasce do céu estrelado
Um cântico do inverno ecoa, som de portento
E eu posso ouvi-lo...

Ressoando, ressoando, do pinheiro ao carvalho
Trazendo-nos, com a neve de dezembro
Trazendo-nos uma antiga dádiva
Envolta em fitas de ouro para...
Envolta em fitas de ouro para...
Envolta em fitas de ouro
Para o mundo inteiro
Para o mundo inteiro
Para o mundo inteiro

Ressoando...
Um cântico de inverno
Ressoando...
Um cântico de inverno

OUR NEW YEAR (NOSSO ANO NOVO)

Taças levantadas, todos dizemos “Saúde!”
Podia ser este? Nosso ano novo...
Mesmo depois de tanto tempo,
Eu ainda não sei por que você se foi

Dia desses, tive certeza de que era você,
Acenando a uma certa distância
Mais perto... Quanto mais perto chegava,
O desapontamento me machucava
Eles tem apenas a mesma cor de seu cabelo

Você não está lá, você não está lá,
Você não está lá...

Em cada esquina que dobro,
Eu me convenci de que, um dia, esbarrarei em você
Coros de “Auld Lang Syne”*
Pode ser este o ano?
Seu e meu

Dia desses, tive certeza de que era você,
Acenando a uma certa distância
Mais perto... Quanto mais perto chegava,
O desapontamento me machucava
Eles tem apenas a mesma cor de seu cabelo

Você na está lá, você não está lá,
Você na está lá, você não está lá,
Você na está lá, você não está lá,
Você na está lá, você não está lá...

Taças levantadas, todos dizemos “Saúde!”
Podia ser este?
Sim, talvez pudesse
Podia ser este?
Nosso ano novo

* “Auld Lang Syne” é um poema escocês escrito por Robert Burns em 1788. Foi ajustado para uma tradicional melodia popular, bem conhecida em países ingleses e é muitas vezes cantado para comemorar o início do ano novo (fonte: Wikipedia.org)

COMFORT AND JOY (CONFORTO E JÚBILO)

O homem do bagel* disse, "T, o que deseja,
E onde está esse marido?"
Eu o interrompi, "Em Londres"
"E quando estará de volta?"
"Amanhã ele chega"
"Quando era moço, passei um natal
Em Londres, cercado de cantoria"

Não permita que nada, não, nada lhe desanime
Lembre-se que a luz volta a nascer todos os dias
Com boas novas, de conforto e júbilo... E júbilo
Novas de conforto e júbilo... E júbilo

"Com o mundo em guerra, uma Europa despedaçada
As famílias restantes disseram, 'Temos de encarar o novo mundo'
Enquanto esperávamos para subir no barco a New York,
Alguns corais natalinos vieram se despedir cantando"

Não permita que nada, não, nada lhe desanime
Lembre-se que a luz volta a nascer todos os dias
Com boas novas, de conforto e júbilo... E júbilo
Novas de conforto e júbilo... E júbilo
E júbilo

* "Bagel" é um tipo de pão em formato de rosca, muito comum nos EUA.

xxx

Pois é, acabaram as traduções e o ano também... E para todos, a partir de agora, um novo Pretty Good Year!

Hernando Neto

DWL

Seção de downloads do blog. Para tudo ficar mais fácil, os arquivos serão postados conforme sejam pedidos. Para fazer seu pedido basta deixar uma mensagem no quadro 'Cbox' que encontra-se na lateral do blog ou através do Twitter (@toribr) ou por email (toribr.email@gmail.com).

Atenciosamente aguardo suas mensagens e emails.

The Guardian: "Portrait of the artist: Tori Amos, musician"

'My father was a minister and banned rock music at home. So I played the Stones on piano when he was out'

Interview by Nosheen Iqbal
guardian.co.uk, Monday 4 January 2010 22.35 GMT
Article history

'I like high drama' … Tori Amos. Photograph: Graeme Robertson

What got you started?

I started playing the piano when I was about two, and got a scholarship to the Peabody Conservatory of Music in Baltimore when I was five. But I left when I was 11.
What was your big breakthrough?

Leaving Peabody. My older brother Michael was into rock music, which my father hated. He was a minister, so it was banned in our house. But Michael would sneak the records in, and I'd play the Stones and Little Richard on the piano with him before dad came home. That, for me, was the beginning.

Which female artists inspire you?

I can't name names: I'd be too worried about missing someone out. I remember reading an interview with one of my idols about 15 years ago, and she was asked something similar. She named all these other female artists – everyone around at the time who you could have mentioned – but not me. I was devastated.

Who or what have you sacrificed for your art?

My daughter Natashya. She's almost 10 now, but I still get a real kick of guilt when I'm on tour and can't be the kind of mother who's there putting her to bed each night. She's a great cheerleader, though: she gives me pep talks.

Is pop having a feminist moment?

Ha! Yes – it's great that there are lots of female artists around right now, but ask me again 10 years down the line. There is a phenomenal amount of pressure on women in this industry: they are considered vintage by the time they hit their mid-30s. Meanwhile, the men considered the world's most beautiful creatures are hitting 50 – Johnny Depp and Brad Pitt are both 46.

What work of art would you most like to own?

I've got tonnes of aboriginal and Native American art, but I'd like even more. I've found some inspiring stuff by aboriginal women in New Zealand.

What's the worst thing anyone's ever said about you?

That I don't know how to laugh. That came from a journalist some years ago.

If you could have written any song, which would it have been?

Let It Be by the Beatles.

Who would you most like to work with?

I usually get asked if I'll ever work with Kate Bush. I'm not sure who I'd pluck out of thin air – though I am working on a musical [of the George MacDonald story The Light Princess] with playwright Sam Adamson.

Is there an art form you don't relate to?

Opera, which is weird, because I like high drama.

Do you care about fame?

Sure I do. The "if anyone else likes my music, it's a bonus" line is bullshit. If I was writing songs just for me I'd only play them in my living room, alone.

In Short

Born: North Carolina, 1963

Career: Has released 11 solo albums, the latest of which, Midwinter Graces, is out now on Universal/Island.

High point: "Now. I'm 46 and I have a husband who still wants me every day. That's pretty great, right?"

Low point: "The late 90s. I felt sidelined by the industry, by the preoccupation with finding something newer, younger."

Fonte: The Guardian

sábado, 2 de janeiro de 2010

toriphile Art

De volta com a sessão 'Fan Art' do blog!

Como já havia explicado anteriormente, esta é parte do blog aberta à todos os fãs e artistas que queiram expor sua arte. Para quem ainda não conferiu, os dois primeiros posts dessa sessão estão disponíveis aqui: arte por Madyana Torres; arte por Marina Carino;

Este novo post tem a participação do fã, Alan Villela, que colaborou enviando um vídeo feito no campus da Universidade Federal de Ouro Preto. O vídeo foi filmado durante dois dias, sem edição, da janela de seu quarto. Nada melhor que o próprio para falar sobre sua arte:

"O vídeo fala de como eu me sinto, às vezes, em ouro preto. Eu moro sozinho e sinto sempre saudades de Leopoldina e da minha família. E tem horas que só ver paredes na sua frente te bate um desespero calado. O vídeo é todo parado, estático, mas o que é filmado está em constante movimento a todo o momento [...] Dá vontade de dormir, mas as pessoas não te deixam, elas fazem barulhos demais e você abre os olhos, então observa. E 'Gold Dust é o que canaliza todo esse movimento. Tem uma parte no vídeo que o sol reflete no chão e ele anda por todo o lugar, é como se fossem mesmos os pós dourados."

Lindo, não? Okay, agora o vídeo! Divirtam-se.



Envie sua arte para vhtsouza@gmail.com.

BlackBook Magazine: "Why Is Tori Amos Talking to T

By Rohin Guha
December 28, 2009


Back in the '90s, Tori Amos was vigilant about keeping her personal life and her music separate--even if it meant forfeiting more publicity and sales. So for an artist who has kept her private life well-guarded, save for necessary overshares, why is Amos suddenly going on-the-record about her marriage to producer Mark Hawley? Perhaps she actually does feel threatened by Lady Gaga's staying power, despite claiming that Gaga was no better than a meteor sinking through the sky.

Amos recently told a tabloid, “We’re both perfectionists, so we’re vicious but fair. It can make it difficult to walk back in and be lovers.” Err, okay. Not that any of us should be sensitive to a woman who’s always made love, sex, and combustible relationships the centerpiece of her repertoire, but again, why now, Tori? Why the tell-all to tabs? “If we’ve had a confrontation in the studio, we’ve made a pact to make up before bedtime, so we always make sure our romance side is protected.” But the important question that even graduate students handing in iron-clad dissertations must face: “Who cares?”

Amos has always been pleasantly absent from celebrity gossip columns. In fact even when most of us came to the daunting conclusion that there would never be another Boys For Pele, we respected her for being able to step out of the limelight and work on her next projects peacefully. Usually, she’d emerge to toss out a few soundbites whenever there was an album or a tour to hawk, but for the most part, she didn’t need the promotional song-and-dance. And many of us liked her all the more for that. By the end of the ‘90s, she became an anti-pop star in her own right. Then suddenly, sometime in the aughts, she transformed into someone who was more concerned about making sure the public knew how much she loved her brand new Saab than the sliding quality of her output.

Maybe Amos’ desire to shift from the fringes of pop to its center has been long in the works. In seeing the frenzy that someone like Steven Tyler can generate, Amos decided that going on-the-record about the minutiae of her life, along with the watering down of her music, could help propel her ascent from left-field priestess of alt-pop to mainstream rock fixture quite capably. Although Kate Bush--her obvious muse--has achieved that status with none of the circus.

Fonte: BlackBook Magazine